domingo, 12 de abril de 2009

MULHERES PELO DIREITO HUMANO A NÃO VIOLÊNCIA

Ato Público na CENTRAL DO BRASIL, no Rio de Janeiro, pede política de prevenção ao crime baseada na construção da Cultura de Paz.



Na quinta-feira, dia 30 de abril, a partir da 10 horas, o ATO PÚBLICO "MULHERES PELO DIREITO HUMANO A NÃO VIOLÊNCIA" marcará as celebrações do DIA NACIONAL DA MULHER na Central do Brasil. A manifestação é organizada pela Comissão Executiva Estadual/ RJ dos Delegados da 11° CNDH – Conferência Nacional dos Direitos Humanos.



O Ato culminará na realização de uma CONFERÊNCIA LIVRE dentro da programação da 1ª CONSEG/RJ, voltada para discussão e debate das Mulheres vítimas da Violência Urbana, objetivando contribuir para a formulação das diretrizes de uma nova Política Nacional de Segurança Pública no Eixo 5: Prevenção social do crime e das violências e construção da CULTURA DE PAZ.



A manifestação de MULHERES PELO DIREITO HUMANO A NÃO VIOLÊNCIA está aberta a todas as pessoas que foram ou se sentem vitimizadas pela Violência. Mulheres que perderam seus filhos/as, companheiros/as, irmãos/as, parentes e amigos/as dizem NÃO a VIOLÊNCIA e a ausência de Segurança Pública que atinge cidadãs/ãos do Estado do Rio de Janeiro.



MULHERES UNIDAS NA CULTURA DE PAZ!

Um comentário:

CARMELITA disse...

CARTA DE AGRADECIMENTO

O Ato Público na CENTRAL DO BRASIL e a CONFERÊNCA LIVRE "MULHERES PELO DIREITO HUMANO A NÃO VIOLÊNCIA" foram realizados graças a um conjunto de pessoas que se empenharam para que ele acontecesse. Neste conjunto, bastante heterogêneo, não poderíamos deixar de mencionar os apoiadores que acreditaram na proposta.

É preciso destacar, também, aquelas que se ocuparam da organização, os convidados que vieram dar vida ao evento com sua presença no Ato e na Conferência.

Apesar das diferentes e valiosas contribuições desse conjunto de pessoas, é preciso ressaltar um fator comum a todas elas, que garantiu não apenas a realização do evento, mas a certeza dos parceiros que temos, o que é, a nosso ver, a principal contribuição e o motivo maior desta carta de agradecimento.

Agradecemos assim a todas as pessoas que contribuíram para viabilizar o evento,
pelo seu empenho, esforço e, em especial, pela demonstração de compreensão e solidariedade na solução dos problemas que surgiram.

Se, por um lado, a manifestação dessa solidariedade recoloca em pauta certas atitudes, por outro lado, ela expressa a possibilidade de congregar pessoas em torno de ideais e de um valor maior: o compromisso ético.

A todas(os) aquelas(es) que expressaram esse compromisso participando do Ato Público na CENTRAL DO BRASIL e da CONFERÊNCA LIVRE "MULHERES PELO DIREITO HUMANO A NÃO VIOLÊNCIA", realizados em 30 de abril de 2009, o nosso muito obrigada!

Carmelita Lopes
Diretora Presidente
HUMANITAS – DH E CIDADANIA
Conselheira do CONSEA/Rio
Fundadora do FOPEDH/RJ
COE CONSEG/RJ